terça-feira, 6 de dezembro de 2016

14:04:00

Google Play anuncia os melhores aplicativos e games de 2016

O Google Play anunciou esta semana os melhores aplicativos e games do ano na loja brasileira. Eles foram escolhidos por uma painel de especialistas do Google Play.
Os grandes vencedores foram Clash Royale, como melhor game, e Prisma, como melhor aplicativo.
Na categoria Apps Feitos no Brasil, foram selecionados Eu desafio vocêMagazine LuizaVoz do NarradorSkina e Cuponeria.
Os aplicativos da categoria Top Trending foram selecionados baseado em downloads, interesses dos usuários e cultura pop. Já os games desta categoria foram selecionados baseado em downloads.
APPS
Melhor App
Prisma

GAMES
Melhor Game
Clash Royale

sexta-feira, 4 de novembro de 2016

13:23:00

Internet em dispositivos móveis ultrapassou desktops pela primeira vez em todo o mundo




De acordo com dados do StatCounter, o uso da internet por meio de dispositivos móveis passaram os acessos por desktops em todo o mundo pela primeira vez em outubro. O volume de acessos por dispositivos móveis e tablets atingiram 51,3% em todo o mundo durante o mês de outubro, com o desktop mergulhando em declínio com apenas 48,7%.


Este número indica um alerta para os empresários de pequenos negócios e individuais para que, cada vez mais, se adequem ás plataformas móveis, não somente em razão do tráfego crescente, mas também, porque o Google favorece sites móveis em seus resultados de pesquisa.


Além disso, o Google também pretende dividir seu índice de pesquisa em mobile e desktop; dando preferência para os sites com a tecnologia Accelerated Mobile Pages (AMP), que é um projeto do Google projetado para tornar páginas móveis mais rápidas. Na sua essência, é basicamente uma forma simplificada do HTML.

quinta-feira, 22 de setembro de 2016

08:31:00

Google+ se torna o núcleo do Google Apps for Work



O Google anunciou hoje que o Google+ irá se unir ao Gmail, Google Drive, Calendar e o resto do Google Apps for Work para funcionar como uma plataforma corporativa.
“Google+ for Work irá facilitar o compartilhamento e a colaboração entre usuários do Google Apps e assegura que informações confidenciais permaneçam dentro da organização”, publicou a empresa.
Isto significa que o Google+ possa agora a receber todas as garantias técnicas de outros produtos essenciais, como o Gmail, Drive, Hangouts e Calendar.
Além dos recursos principais da versão para consumidor, o “Google+ for Work” permite restringir o uso do Google+ a determinados usuários e o controle dos dados compartilhados.

sexta-feira, 16 de setembro de 2016

15:10:00

O que são Landing Pages e como obter resultados

Dentre os principais tópicos da otimização de sites, a criação de landing pageestá entre os mais importantes. Uma página de destino é definida como qualquer página por onde um visitante entra no seu site. Nos Estados Unidos, eles utilizam o conceito de que o visitante aterrissa dentro daquela página, por isso utilizam o termo landing, que significa aterrissar.
A homepage não é a única forma de entrar no seu site. Na verdade, geralmente as landing pages tem, somando, a maior quantidade de acessos de um site. Isso é fácil de entender, pois a maioria das vezes quando procuramos por algum termo, os resultados do Google já indicam uma página específica. Então a home tende a ser um ponto de partida para o conteúdo do site, que estão nas landing pages.

Porém, a Home pode ser também a landing page. É importante fazer a otimização de landing pages, pois você quer que seus visitantes gerem o máximo de retorno para você. Se um site com cerca de 1000 visitas consegue 50 pedidos de compra, ele tem 5% de taxa de conversão. Se conseguir aumentar em apenas mais 1%, irá chegar a 60 pedidos de compra. Isso representará um acréscimo de 20% na receita da empresa, apenas aumentando a conversão em um ponto percentual.

Não existe uma otimização ideal, uma regra universal que funcione para todas as páginas e sites. Isso varia para cada um e é necessário então fazer constantes testes A/B para sempre correr atrás da melhoria. Mas não se preocupe em ter que rodar testes: existem algumas boas práticas que vão te ajudar a entrar nesse mundo.

Deixe a proposta clara

Este é o fator mais importante para o sucesso de uma landing page, pois é ela que atrai o interesse do usuário. Qual é a primeira impressão que a sua página deixa em um novo visitante? Está no site que esperava? E principalmente, ele entendeu sobre o que é esta página?

Toda página deve explicitar rapidamente qual é a sua proposta, deixar claro quase instantaneamente sobre o que é que está sendo abordado. 

Uma boa forma de descobrir a sua eficácia é através da Regra dos 5 Segundos! A ideia desse teste é ver se alguém que não conhece seu site, entrar na sua landing page durante 5 segundos e ver se ela consegue entender do que se trata a página e o que ela poderia fazer como ação nela. Se quiser, pode chamar um amigo ou irmão, que mesmo não dando validade estatística pode dar umas boas ideias!

Tenha um Layout Leve

Um dos pontos cruciais para uma boa landing page é a clareza do layout, para que o usuário possa se localizar e navegar com facilidade.

A estrutura da página é tão importante que as mudanças dos elementos visuais são uma das coisas mais alteradas em testes de conversão. Às vezes, somente deixando um espaço em volta do botão de ação já oferece um espaço para “respirar”, o que pode aumentar a quantidade de cliques justamente por estar mais destacado.

Seja Objetivo

Não exiba todas as informações que existem sobre o seu produto. Uma landing page não é um manual de instruções, mas sim um ponto de venda! O seu objetivo é vender, então é importante focar nos pontos principais, aqueles que são os grandes diferenciais. São eles que chamam a atenção do cliente.

Se achar que tem informações importantes, trabalhe a capacidade de sintetizar em poucas palavras cada uma. Se achar impossível tirar, uma alternativa é criar outras páginas com mais informações sobre cada tópico, de forma que se o usuário não entender algum dos tópicos listados, ele vai poder clicar para ter mais informações direto no seu site.

Utilize Recursos Visuais

É importante para atrair a atenção dos visitantes. Utilize imagens que são facilmente reconhecíveis, como símbolos, justamente onde você quer chamar a atenção, como o seu principal produto ou conteúdo de destaque.

Os estímulos visuais são também os que ficam mais arraigados na memória. Por isso lembramos do rosto de alguma pessoa que não vemos há anos, mas é difícil recordar claramente um aroma depois de tanto tempo. Isso é ótimo pra trabalhar a presença da sua marca na mente dos consumidores. Utilize essa característica a favor da sua empresa, expondo um bom conteúdo visual.

Última Dica: Faça Testes A/B
Cada site tem suas próprias características e tipos diferentes de visitantes entre si. Ou seja, cada situação é única. Então como você vai saber se é melhor exibir um vídeo ou um formulário de pedido? Desenvolvendo um Teste A/B.

Ele se baseia na análise estatística de uma versão A converter melhor do que uma versão B, daí que vem o nome do teste. Mas deve ser testado alguns pontos, como uma versão com ou sem imagem. Outro teste pode sugerir ter um layout com um botão de ação na esquerda e outro na direita. Pode até mesmo testar duas frases diferentes no Call to Action, como “Clique aqui” e “Saiba mais”.

Então é necessário você testar o que cada mudança pode trazer de benefícios para atrair a atenção do visitante. Afinal, a intenção é aumentar a conversão.


Procurando um trabalho especializado de Marketing Digital para a sua empresa?
Venha dividir um café conosco e compartilhar incríveis ideias!

Se você já possui algum trabalho na web, então faça uma avaliação gratuita clicando aqui, é rápido e prático, e você recebe um relatório técnicos do que pode ser melhorado em suas campanhas, redes sociais, site entre outros, feito exclusivamente por nossos profissionais especializados. 

quarta-feira, 14 de setembro de 2016

15:55:00

Google já removeu 1.75 bilhões de páginas por direitos autorais

O Google publicou hoje um novo site que mostra um interessante relatório de páginas removidas do índice do buscador que teriam infringido algum tipo de direito autoral.

“Google recebe regularmente pedidos para remover conteúdo que possa infringir direitos autorais. Este relatório fornece dados sobre pedidos de remoção de resultados de pesquisa que apontam para tal material”, disse a empresa.
De acordo com o Google, mais de 888 mil sites foram afetados pelas solicitações, gerando um total de 1,75 bilhão de páginas retiradas do buscador até o momento.
Por meio do site, os usuários ainda podem acompanhar a evolução dos pedidos de remoção, as empresas que mais solicitam direitos autorais e o sites afetados na busca.
Para que uma página se torne indisponível no Google, a gigante de Mountain View montou um processo que se repete a cada solicitação:
  • Proprietários de direitos autorais enviam notificações para a remoção de “suposto material ilícito”
  • O Google analisa o pedido e cumpre se não há problemas com ele.
  • O proprietário do conteúdo removido recebe uma contra notificação, ele deve argumentar ou remover o conteúdo ofensivo.
  • O Google decide se deve ou não adicionar a página de volta para os resultados de pesquisa.

quarta-feira, 24 de agosto de 2016

13:39:00

Google vai punir sites mobile com pop-ups difíceis de fechar

O Google anunciou que vai a punir os sites que mostram pop-ups intrusivos e difíceis de fechar quando o usuário abre uma página móvel.
De acordo com o buscador, a classificação da página será afetada nos resultados de pesquisa para priorizar as páginas com conteúdo mais acessível.
“As páginas que exibem intersticiais intrusivos oferecem uma experiência do usuário mais insatisfatória que outras páginas nas quais o conteúdo é acessível imediatamente”, publicou Doantam Phan, Gerente de Produto no Google.
“Para melhorar a experiência de pesquisa em dispositivos móveis, depois do dia 10 de Janeiro de 2017, as páginas nas quais o conteúdo não é facilmente acessível para um usuário na transição dos resultados da pesquisa para dispositivos móveis não estarão com uma classificação tão alta”.
Abaixo, as intersticiais que não serão mais permitidas pelo Google:

quinta-feira, 7 de julho de 2016

11:34:00

Razões para você investir em Marketing no Facebook


A rede social, somente no segundo trimestre de 2015, obteve cerca de 1,49 
bilhões de usuários ativos mensais. Os usuários ativos são aqueles que têm se conectado ao Facebook durante os últimos 30 dias. Somente em nosso país, a rede social tem mais de 91 milhões de usuários conectados, e segundo dados do próprio Facebook, de 8 em cada 10 brasileiros possuem conta na rede social.

Facebook no Brasil
No Brasil, cerca de 95% das pequenas e médias empresas já descobriram o poder do Facebook para alavancar seus negócios, aumentar as suas vendas e gerar resultados através da mídia social. Porém, a maioria dos empreendedores e empresários tem muito a explorar e se beneficiar dessa rede social.

Confira os motivos!


1. A rede social é gratuita

A criação de uma fanpage no Facebook é gratuita. Você pode criar um perfil profissional para sua empresa, divulgando suas marcas e seus produtos.

Ainda existem empresas que criam perfis pessoais para divulgar sua marca e produtos. O próprio Facebook explica várias razões para que você tenha uma página para seu negócio e não um perfil.

2. A sua empresa é vista por um público em alta escala

As postagens feitas pela sua fanpage podem chegar a milhares de usuários e em um tempo recorde. Os usuários da rede social podem ser locais, espalhadas em território nacional e por que não desbravar fronteiras internacionais?

Sua empresa e marca podem ser conhecidas no mundo. Você já pensou em atender pedidos de clientes vindos de vários estados brasileiros?

3. Maior agilidade no atendimento

O consumidor está cada vez mais exigente, ele quer todas as informações possíveis antes de comprar um produto e de forma rápida. Muitas empresas esperam muito das redes sociais, mas não trabalham a seu favor. Clientes entram em contato, demoram para responder e muitas vezes nem respondem. As empresas que estão ativas e respondem rápido as dúvidas e comentários saem na frente da concorrência.

4. Faça anúncios segmentados para seu público

TIPOS DE SEGMENTAÇÃO

Localização

Atinja seus clientes nas áreas onde eles vivem ou onde fazem negócios com você. Direcione anúncios por país, estado, CEP ou até mesmo a área próxima ao seu negócio. 

Dados demográficos

Os clientes que a sua empresa atende estão no Facebook. Escolha o público que verá seu anúncio por idade, gênero, interesses, ou até mesmo idioma.

Interesses

Quando as pessoas têm mais interesse pelo seu negócio, é mais provável que executem ações em seu anúncio. Faça sua escolha entre centenas de categorias, como música, cinema, esportes, jogos, compras e muito mais, para encontrar as pessoas certas.

Comportamentos

Você conhece melhor seus clientes, podendo encontrá-los com base em coisas que eles estão fazendo, como comportamento de comparas, o tipo de telefone que eles usam, ou se estão procurando uma casa ou carro para comprar.

Conexões

Atinja as pessoas que curtiram sua Página ou seu aplicativo, e atinja também os amigos dessas pessoas. Essa é uma forma fácil de encontrar ainda mais pessoas que possam estar interessadas em sua empresa.

5. Crie um relacionamento com seu público

Desenvolvimento de conteúdo relevante 

Devido ao excesso de informações, é preciso se destacar para atrair o consumidor. A entrega de conteúdo relevante, mais do que em qualquer época, nos dias de hoje é essencial.

6. Faça captação de Leads pelo Facebook

O que é um lead?


É um possível cliente, ou seja, um contato que demonstrou interesse pelo produto ou serviço que você oferece.

Por que gerar leads?

Esse anúncio é voltado para as empresas que incentivam a prática de trazer possíveis clientes para seu negócio e procuram criar um relacionamento através de E-mail Marketing.

Quais dados ou informações você pode solicitar?

Dados como nome, e-mail, endereço, dados demográficos e informações profissionais podem ser preenchidos automaticamente pelo Facebook. E o usuário tem a opção de não enviar um determinado dado que não queira.

Os anúncios de leads foram criados pensando na privacidade das pessoas, por isso elas podem editar as suas informações de contato antes de enviar o formulário e essa informação não é enviada para a empresa até que a
pessoa clique em “enviar”.


Para que todos esses tópicos mostrem resultados, é necessário possuir profissionais que entendam de Marketing Digital, e principalmente de Gerenciamento de Redes Sociais, com o tempo, o investimento se tornará lucro. 

quinta-feira, 30 de junho de 2016

11:17:00

8 HÁBITOS QUE VOCÊ DEVE FAZER PARA TER SUCESSO NAS REDES SOCIAIS


Muitas vezes nos perguntamos se há alguma receita mágica para o sucesso em redes sociais, mas o fato é que não há nenhum segredo, mas sim, uma série de hábitos ou estratégias que devem ser seguidas a fim de se tornar um profissional bem sucedido. Neste artigo vamos falar sobre algumas rotinas e atitudes que você normalmente deve tomar para alcançar o sucesso desejado em redes sociais.


Nós todos sabemos que para alcançar o sucesso nestas plataformas, há uma série de condições que devem ter em conta, tais como:

- Dominar essas ferramentas essenciais em 
mídias sociais nos ajuda no trabalho diário;
- Sabendo quais os requisitos uma marca deve se adequar às redes sociais;
Conhecer os valores essenciais que os usuários estão à procura nas redes sociais;
- Sabendo muito bem a comunidade de uma marca em 
mídias sociais;

Por muitas vezes, pensamos que a coisa mais importante é saber sobre as ferramentas mestras que podem fazer o seu trabalho sem esforço, mas nada está mais longe da realidade. Os aplicativos podem ajudá-lo em suas tarefas diárias, mas não pode fornecer o que você precisa fazer para conquistar o seu público.

Confira os 8
 hábitos para ter sucesso nas redes sociais

1. Adotar uma estratégia

A estratégia irá ajudá-lo a atingir os seus objetivos em cada uma das redes sociais. Não ache que uma estratégia é alcançar e publicar conteúdo nessas plataformas, sem tomar conta as particularidades de cada um deles. Com uma estratégia você poderá organizar suas publicações de modo a aproveitar as oportunidades de cada rede social. Se você quiser ter sucesso em mídias sociais, não pode esquecer de criar uma estratégia em mídias sociais.

2. Definir seus objetivos nas redes sociais

Objetivos bem definido e na mente de um profissional, vão fazer com que você conquiste eles de forma natural e a médio prazo. Há muitas pessoas que pensam que os alvos só tem de existir no início, e quando eles alcançam um razoável número, deixam de se preocupar com suas redes.

É um erro, você deve ter metas e objetivos sempre presentes em sua estratégia, porque só assim você pode melhorar e trazer mais qualidade para seus perfis em mídias sociais.

3. Criar um blog

É muito bom que você pode compartilhar notícias e conteúdo de outros perfis, mas se você realmente quer fazer seu perfil se destacam em relação a muitos outros, você tem que criar seu blog, para poder escrever e compartilhar seu próprio conteúdo. Seus seguidores irá vê-lo como um profissional em sua área e compartilhar seu conteúdo. Tudo isso irá gerar engajamento e visibilidade em diferentes redes sociais.

4. Não se esqueça de criar uma comunicação

Além de assegurar sobre o seu conteúdo, você também deve ter em mente que a comunicação com seus seguidores é fundamental para ter sucesso em redes sociais. Por esta razão, criar uma comunicação com seu público, pode abrir muitas outras portas e benefícios, bem como, ajudar a construir relacionamentos importantes em mídias sociais. É um ponto chave e que você não pode negligenciar.

5. Assessoria SEO - sempre presente
Muitas pessoas nas redes sociais que não são especialista em SEO, você deve dominar o básico e sempre ter presente em suas redes sociais. Então se você quer posicionar-se mais rapidamente no mecanismos de busca com palavras-chaves e outros aspectos de SEO, procure um profissional da área, assim ele te auxiliará da melhor forma possível.

6. Utilize elementos visuais

Não é por acaso que algumas das mais antigas referências em mídias sociais são especialistas em qualidade de imagens ou gráficos. O conteúdo que tem uma foto, gráficos de computador ou vídeo, tendem a ter muitos mais acessos do que outros que não tenha esses recursos. Portanto, comece a usar imagens de qualidade em seus posts, porque seu sucesso em mídias sociais pode depender, em grande parte, disso.

7. Forneça conteúdos relevantes e de qualidade

Qualidade do conteúdo, você terá que manter isso em mente. Hoje, existem milhares de publicações diariamente na internet e é impossível que as pessoas têm de vê-los todos. Para o seu conteúdo se destacar entre outros, você terá que levar a qualidade deles a sério.

Alguns aspectos que você terá que ter em conta para alcançar essa qualidade são:

Escrevendo artigos com conteúdo de valor para o seu público;
Evite erros gramaticais e erros ortográficos;
Criar artigos com mais de 1000 palavras e interessante;
Criar conteúdo original;
Realizar publicações contínuas e não de mês para mês, etc.

8. Controle as melhores ferramentas para redes sociais
Se você quiser ter sucesso em mídias sociais, é essencial que você tenha o controle das melhores ferramentas e preste atenção para os novos que vão quase todos os dias. Será impossível conhecer todos eles, então procure profissionais que entendam do assunto, que saiba trabalhar de forma positiva em suas mídias sociais e desenvolva dentro dela um marketing digital

terça-feira, 14 de junho de 2016

10:44:00

Inteligencia artificial do Google tornando realidade


Convenhamos, é algo relativamente comum assistir a filmes de ficção científica e desejar que as coisas que vimos na tela realmente existam. É verdade que algumas tecnologias apresentadas por filmes como "Star Wars", "Blade Runner", "Star Trek" e muitos outros do gênero são um tanto fantasiosas, porém essas obras trazem aspectos que, de modo adaptado, podem ser vistos no nosso mundo real.

Inteligência artificial (IA) ainda é uma área em que a humanidade engatinha para desenvolver. Contudo, sistemas inteligentes já são utilizados para várias atividades, especialmente para reconhecer objetos em fotos e entender o que realmente está acontecendo em cada quadro. A Google  trabalha com inteligência artificial nessa linha.     
No mês passado, a Google divulgou um poema que foi supostamente escrito por uma de suas inteligências artificiais como parte do projeto Google Brain. Desta vez, a Gigante das Buscas impressionou o mundo mais uma vez ao divulgar uma música composta por um computador equipado com um sistema de aprendizado (o famoso machine learning). A melodia (ouça aqui) tem 90 segundos de duração e foi gerada pela máquina a partir da informação de apenas quatro notas de piano (os outros sons, como a bateria e efeitos especiais, foram adicionados por “mãos humanas” apenas para dar ênfase ao instrumento principal).

Mas não para por ai, recentemente, eles resolveram inverter o processo de entendimento da sua “Rede Neural Artificial”. Esse sistema desenvolvido pela Google para processar imagens e entender significados contidos nelas é composto por até 30 níveis de “neurônios artificiais”. Cada neurônio desse é instruído a extrair detalhes específicos de informação de cada foto e ir passando esses isso para os próximos níveis. Esse procedimento de criação resultou em imagens bastante bagunçadas de início, mas elas serviram para a empresa ajustar as configurações dos níveis para que eles fossem mais eficientes com tempo. A empresa chamou isso de “sonhos”. 

Há quem diga que tudo isso um dia vai resultar na criação dos Cylons ou da Skynet, mas isso não faz essa criação deixar impressionar a todos. 

Skynet de “O Exterminador do Futuro”, os Cylons de “Battlestar Galactica”, as máquinas de Matrix e uma infinidade de robôs da ficção tentam incessantemente tomar o lugar dos humanos como a espécie dominante no planeta. 

O empresário Elon Musk, da Tesla e da Space X, está há algum tempo em uma jornada diferente: combater a inteligência artificial que, segundo ele, pode se voltar contra a humanidade no maior estilo "Exterminador do Futuro". Em vez da SkyNet, entretanto, a Google pode ser a empresa que condenará a existência da nossa espécie.

De acordo com a mais recente biografia de Musk, devemos manter nossos inimigos por perto: o rapaz e os dois cofundadores da Google, Larry Page e Sergey Brin, vivem fazendo reuniões informais e hospedando-se um na casa do outro. Só há um problema: Musk pensa que os colegas são capazes de "construir uma frota de robôs aprimorados por inteligência artificial capazes de destruir a humanidade". Page é, segundo o livro, visto como um rapaz essencialmente bem-intencionado, porém capaz de "produzir algo maligno por acidente".

Baseado em tanta tecnologia inovadora, a Google planeja “botão vermelho” para deter A.I. potencialmente perigosa. O Google Deepmind, em parceria com o instituto The Future of Humanity, publicou um estudo que explica como a humanidade poderia deter um algoritmo de inteligência artificial que se torne trapaceiro ou perigoso.

A pesquisa explica que desativar uma A.I. pode não ser tão simples quanto puxar um cabo de energia, e que será necessário programar algum tipo de “botão vermelho” de emergência que o próprio algoritmo possa ativar ao ser persuadido a fazê-lo. Sim, os estudiosos acham que teremos que enganar a A.I. para que ela mesma se desative ao ultrapassar certas barreiras. O gatilho ou a política de interrupção devem ser de conhecimento exclusivo dos criadores do sistema, evitando que qualquer um possa afetar o robô/software. 

Além da Inteligência Artificial e das ferramentas fornecidas pelo Google para uso diário, a Google trabalha com Algoritmos Matemáticos, programas de computador que buscam pistas para retornar exatamente o que você procura. Os algoritmos são os processos e fórmulas de computador que transformam as perguntas em respostas. Atualmente, os algoritmos do Google utilizam mais de 200 sinais ou "pistas" diferentes para adivinhar o que você realmente procura. Esses sinais incluem coisas como os termos em websites, a atualização do conteúdo, a região do usuário e o PageRank.

Portanto, para que seu negócio apareça nos primeiros resultados, é essencial que seja trabalhado essa técnica em seu site, técnicas chamadas de SEO (Search Engine Optimization), juntamente com as ferramentas do Marketing Digital!

Analisando nossa atual realidade tecnológica, e todos os serviços disponíveis, podemos observar o quanto temos ferramentas ao nosso favor, seja para uso domésticos, escolar e até mesmo dentro dos nossos negócios.